Russo mata e corta pênis de amigo por causa de cigarro

450
Eduard Assylov, morto pelo amigo por causa de um cigarro. (Foto: Arquivo Pessoal)

O Ministério da Saúde adverte: fumar leva à morte. Todo mundo já viu ou ouviu esta frase com certeza, porém, jamais imagina que a morte seria por assassinato, e com requintes de crueldade.

O corpo de Eduard Assylov foi encontrado mutilado por vizinhos, com o pênis cortado e deixado cuidadosamente ao lado dele em um travesseiro. A princípio a polícia de Moscou suspeitou de um crime passional, porém, o colega de apartamento de Assylov confessou o crime.

Segundo ele, o motivo do assassinato foi que ele havia pedido várias vezes para Assylov não fumar dentro do imóvel, e ao voltar de uma noitada com os amigos ao entrar em casa sentiu um forte cheiro de cigarro, e tomado pela fúria assassinou o colega com uma faca.