Uma mulher foi presa na cidade de Harahan, nos Estados Unidos, acusada de roubar um motorista do Uber. Até aí uma notícia corriqueira, porém, o método utilizado para o assalto chama a atenção: fazer topless.

Rayna Fillios pediu uma corrida pelo aplicativo, e ao ser deixada em casa pediu o telefone do motorista. Poucos minutos depois ela liga para a vítima, pedindo que ele se dirija até sua casa. O pobre rapaz ao chegar no local, vê Raina fazendo um topless e acredita que se deu bem.

Ao chegar na porta, Rayna pulou em seu colo e lhe deu um beijo, momento que o namorado dela, Anthony Kennedy, aparece e com uma faca pede para o motorista lhe entregar todo o dinheiro.

O motorista reagiu, acabou levando um soco e correu para o carro, quando chamou a polícia. Os policiais chegaram rapidamente ao local do crime, e levaram Rayna e Anthony em cana, acusados de assalto, entre outros crimes.