Uma mulher procurou a polícia de Apucarana, no interior do Paraná, após descobrir que seu marido, internado na UTI do hospital da cidade após sofrer um acidente, possui duas amantes.

A esposa encontrou as duas amantes durante o horário de visitas do marido, ainda na recepção do hospital, e a confusão foi armada.

De acordo com o delegado José Aparecido Jacovós, chefe da 17ª Subdivisão Policial (SDP), a esposa registrou queixa tentando impedir que as amantes, recém-descobertas por ela visitassem seu marido.

Por sua vez, as amantes, que alegam não saber que o homem era casado, querem que seu direito de visitar o parceiro seja garantido.

“E ele continua na UTI, desacordado, pois o estado é grave. E as três mulheres estão brigando. A esposa legítima registrou queixa para não permitir que as outras visitem o marido. E agora outras duas também registraram queixa, pois acreditam que têm direito de visitar o rapaz”, disse o delegado em entrevista ao jornal Tribuna do Norte.

Porém, o caso não acaba por aí, uma das amantes já possui um filho de dois anos e meio com o homem, e está grávida do segundo. A outra amante também afirma estar grávida do homem.

Segundo o portal RIC Mais, uma terceira mulher apareceu no hospital em outro dia, alegando também ter um caso com o homem, que inclusive teria lhe dado um imóvel.