Um homem de Taiwan teve seu pedido de divórcio aprovado pelo Tribunal Distrital de Nova Taipei City depois de alegar tortura psicológica devido aos hábitos de higiene de sua ex-esposa, ou falta dela. A mulher, de sobrenome Lin, tomava banho apenas uma vez por ano e apenas ocasionalmente lavou o cabelo ou escovou os dentes.

O autor da ação de divórcio, que não teve seu nome divulgado, disse que a higiene de Lin era questionável desde quando eles namoravam, época em que ela se banhava apenas semanalmente.

Porém, o comportamento da esposa piorou muito depois do casamento. Seus banhos semanais tornaram-se mensais, depois semestrais, e quando ela começou a tomar banhos apenas uma vez por ano, ele simplesmente não podia aguentar mais.

O homem disse que, devido aos hábitos não saudáveis ​​de Lin, eles só faziam sexo uma vez por ano, o que impediu o casal de ter filhos em seu casamento de dez anos.